A importância histórica e a atualidade da filosofia iluminista

Para entender a importância histórica do iluminismo, precisamos primeiro saber oque é o iluminismo. O Iluminismo é um termo abrangente, que reúne muitos pensadores, em mais de um século, mas chamado genericamente de o “século das luzes”, em referência à  razão. Ou seja, um período em que diversos filósofos procuraram estabelecer a razão (a racionalidade), acima da fé, da religiosidade e também, da tradição monárquica. Nesse contexto o pensamento iluminista teve seus primeiros representantes, ainda sem serem identificados como tais.


Isaac Newton (1643-1727), por exemplo, é um dos grandes pensadores do período e você deve conhecê-lo como o pai da teoria da gravidade. apesar de hoje pensarmos o Iluminismo como ummovimento iluministaou como uma escola filosófica, na prática, não havia um único movimento. O que havia era um contexto social que permitia a muitas pessoas brilhantes pesquisarem, escreverem e difundirem suas descobertas e teorias.
  Um dos mais destacados e originais pensadores iluministas foi Jean jacques rousseau (1712-1778). Diferentemente da maioria dos iluministas, ele não era um defensor incondicional do racionalismo. Suas principais obras foram. O discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens e o contrato social. No primeiro livro ele defendia que o homem, na sua essência mais natural, era bom, assim a natureza fez o homem feliz e bom, mas a sociedade o depravou, tornando-o miserável. A origem da infelicidade humana e das diferenças sociais estaria no surgimento da propriedade privada da terra. No  “O contrato Social” ele defendia a concepção de que a democracia baseava-se na vontade da maioria, isto é, na soberania do povo, que se manifestava pelo voto. Os governos eleitos, portanto, deveriam refletir e seguir essa vontade geral. Ele advogava a favor da soberania popular. A importância das ideias iluministas francesas para a historia foi que  influenciaram as instituições políticas modernas. Até hoje, com pequenas modificações, a maioria dos países mantém características iluministas

    Uma das atualidades que o Iluminismo ajudou a criar foram essas incontáveis possibilidades que a internet oferece em termos de conhecimento. Conduzem à necessidade de se fazer uma analogia entre o que a rede oferece ao público e aquilo que o Iluminismo estava propondo no século XVIII. Ambos convergem ao ponto onde o conhecimento deve estar acessível a todos, independentemente de fatores políticos, sociais ou econômicos. A meta que devemos seguir, então, não deveria ser de uma internet centralizada, para poucos. Mas, sim, de uma internet iluminista